Eleições 2018: novas ferramentas contra fakenews são impossíveis a uma semana da votação, diz WhatsApp.

Alvo de críticas sobre desinformação e disseminação de dados falsos, o WhatsApp não pretende fazer novas alterações ligadas a mensagens encaminhadas ou à criação de grupos na reta final das eleições brasileiras.O processo completo para que qualquer atualização chegue aos usuários da ferramenta “leva meses” e depende de uma série de testes, de acordo com o porta-voz. Para saber mais, clique aqui.

Deixe uma resposta